Fundação Solidariedade Pequenos e Médios Produtores de Vinho do Porto
www.fundacaoprovinporto.com

 




















Para informar o Sr. Presidente da República, se não mandar julgar estes suspeitos de corrupção, farei tudo o que estiver ao meu alcance para informar todos os habitantes da terra, porque o Vinho do Porto é conhecido em todo o mundo.

Vendem-se no globo 574.875.000 (575 Milhões) de garrafas de Vinho do Porto por ano, depois dos anos 80, sem serem fabricadas, segundo dados oficiais do I.V.D.P. Instituto do Vinho do Porto.

Feita queixa crime na P.G.R. de Peso da Régua e em segredo de justiça informaram o I.V.D.P., que de imediato falsificou as estatísticas e a queixa crime foi arquivada.

Esquecendo que, na internet "NADA SE APAGA".

Comunicação Social ao corrente.

www.otrop.pt

 


 

FABRI. 111MIL PIPAS E  FAL. CONTROL DOS STOCS

O crime das 111mil pipas está entregue aos corruptos ladrões e aos encobridores ja lá vai um ano e ainda não há criminosos, mas as vitimas continua a sofrer e outras já morreram  cujo os restos mortais foram plantados nas quintas desses grandes corruptos com a ajuda dos responsáveis pela ordem e cumprimento  da lei.

E digo mais uma vez, este meu projeto não prejudica ninguém e os mais beneficiados são aqueles que a justiça neste momento está a proteger, que são os grandes exportadores que tem a sua maquina montada e para fazer 10 vezes mais vinho do porto ainda tem menos trabalho do que fazer vinho de mesa e os lucros são 10 vezes superiores. Para Portugal e para a U.E. e mais não há ninguém que fique prejudicado com o projeto dos 10% do aumento da fatura à saída do armazém !!!!!

Já apresentei queixa contra o ivdp e interprofissional por falta de controle dos stocks dos produtos vitivinícolas nos armazéns dos  exportadores em que segundo a lei tem de estar exato ao minuto e não é preciso passar pelo tribunal para que qualquer juiz vá abrir um processo((( e demorar mais  de um ano como está a acontecer com a falsificação das estatísticas que já enviei mapas vindos do sitio do ivdp.)))Para conferir os stocks onde a lei diz é conferido ao minuto..

Já pedi para que ordenassem ás autoridades competentes ASAE e outras que viessem selar todos os stocks porque a vindima já começou e a bagunça continua.

Esse trabalho devia já ter sido feito e cada vez que precisassem de retirar produtos desse depósito, devia ser sempre na presença das autoridades.

As 111.mil pipas de porto que se fabricaram clandestinamente consumiram cerca de 40.mil pipas de vínica mais de mil e trezentos camiões de 3o mil litros cada.

Tudo indica que estão preparados para fabricar outras tanto este ano.

Estou disponível para provar cientificamente que os mapas foram falsificados sem a ajuda de ninguém e tenho apenas a quarta classe.

Agradeço que me sejam enviados  os nº dos processos em que acuso a dra delegada de qualificar o processo de genérico  um processo de biliões de euros em que reclamei de imediato e((( em correio eletrónico)))!!!!O do pedido da conferencia dos stocks que tenho o direito de receber. E mais uma vez isso é para ser feito no minuto e não ser empurrado da régua para vila real onde fui tratado como sendo um criminoso, durante quase três horas, foi desumano.

Eu já fui preso por não ter os stocks em ordem e a lei ainda não mudou e não havia corrupção.!!!!!

Por uma U.E. melhor e sem corruptos onde haja paz pão e justiça social

Gonçalves pedro

 

 

PROCESSO Nº276/8.7 T9 PRG 

Josué Rodrigues Gonçalves Pedro, autor do processo a cima indicado, vem junto de V. Ex. Cia pedir que me informe se o processo mencionado, que foi arquivado e depois reaberto que só fui informado passados quase um ano.

Como se trata de um AE um processo de roubo e corrupção ativa de biliões de euros ao longo destes 40 anos,

Peço a V. Ex. Cia que ordene a suspensão dos denunciados e dado que a vindima já se começou a fazer, que se faça com a maior urgência para não criar maiores prejuízos,

Como os stocks dos produtos vitivinícolas não podem estar nos mesmos armazéns e contados ao minuto, que tudo esteja feito antes da grande vindima.

Por uma U.E. sem corruptos onde haja paz pão e justiça social.

Gonçalves pedro

 www.otrop.pt

 
 

 

 
PRODUÇÃO DE AZEITONA A MAIOR DOS ULTIMOS 50 ANOS
 
Como se avizinha a apanha da maior produção de azeitona dos últimos 50 anos a partir do alto alentejo e ribatejo,, beiras e traz os montes,etc. Etc.etc.
 
Especialmente no  ribatejo se o estado não arranjar um programa de orientação, ajuda com  pequenas maquinas  , panos , recolha e transporte para os lagares ficará tudo perdido.
 
Penso com a ajuda das juntas de freguesia a assumir a responsabilidade de procurar monitores responsáveis pelas pequenas maquinas e outras tarefas arranjar grupos de 5, 7, e 9 pessoas seria uma boa solução para que essa riqueza não se perdesse. 
 
Essas pessoas eram pagas com azeite ou outra maneira que entendessem.
 
Não me cabe a mim orientar essas coisas, mas deverá ser discutido entre todos os intervenientes. 
 
Espero que a ideia deste pequeno grupo  não seja visto como rediculo. 
 
Cabe ao estado assumir a responsabilidade de promover esta ideia quer nas redes sociais e estimular o projecto
 
São muitos os milhões de euros em valor que se perdem e a mãe natureza essa sobre tudo agradece,mas não perdoa as faltas.
 
Espero que a resposta não tarde.
 
Atentamente por um portugal mais justo um membro.

 


 

PARA A SALVAÇÃO DA REGIÃO DEMARCADA DO DOURO

TRÊS COISAS QUE PEÇO

1ª Que promulguem o projeto do aumento de 10% na fatura do Vinho do Porto à saída do armazém para promoção, além dos 8 países que consomem 91,3% da nossa produção , mas, há ainda cerca de 207 países e assim com o aumento das vendas de 5 a 10 vezes, os cerca de 8 exportadores já não matam de terror os poucos produtores que ainda existem com ameaças dizem não comprar e brincam com os preços e pagamentos.

2ª Que a fundação de solidariedade de pequenos e médios produtores com sede no Pinhão, que seja de utilidade pública e ao mesmo tempo desbloqueada por direito tácito cujo os seus estatutos são pautados pelo decreto Lei 21.883 de 932 que se encontra no sítio : www.otrop.pt

3ª Este projeto ainda é para a campanha deste ano. Já sabemos onde esta o dinheiro para pagar as uvas e a vinica para a fabricação das 111 mil pipas  que se venderam mas, não se fabricaram, cujas condições de pagamento para o mostro será após tenha sido adicionado a vinica com uma taxa de juros ate 5%

Todos aqueles que entregaram os seus produtos para a Fundação automaticamente são membros.

.. isto não tem nada a ver com o projeto…. A vindima, não pode nem dever começar por Lei antes dos stocks conferidos pela ASAE ou outras autoridades. É crime.

Para atingir estes objetivos temos de ser todos unidos a lutar contra a corrupção.

www.otrop.pt

 


 

É MELHOR DAR AOS MAUS QUE PEDIR AOS BONS

Para o Excimo Sr. Presidenta da República, com os meus respeitosos cumprimentos e pedidos de justiça para esses milhões de PORTUGUESES para quem V.EXCIA trabalhou na recolha dos alimentos dados por outros PORTUGUESES UNS TALVEZ PARA FICAREM NA FOTOGRAFIA E outros por SOLIDARIEDADE que talvez esse pouco ainda esta semana lhe faça falta para a sua familia.

De modo nenhum estou a censurar, mas aproveito para justificar o Titulo desta mensagem MAIS VALE DAR AOS MAUS QUE PEDIR AOS BONS, SOBRE TUDO QUANDO ESTAMOS A DEIXAR OU SUPOSTAMENTE ESTAMOS A DEIXAR ROUBAR OU DESPERDIÇAR UMA RIQUEZA QUE SEM PREJUDICAR NINGUÉM DARIA PARA PELO MENOS ALIVIAR ESSES GENEROSOS DO ESFORÇO, E TEMPO PARA V.EXCIA HONRAR ESSE JURAMENTO QUE FEZ NA V. TOMADA DE POSSE COMO PRESIDENTE DA REPUBLICA, QUE ERA E É CUMPRIR E FAZER CUMPRIR AS LEIS DA CONSTITUIÇÃO DA REPUBLICA PORTUGUESA.

SEGUNDO A MINHA MANEIRA DE VER E INTERPRETAR, HÁ LEIS EM VIGOR QUE NÃO ESTÃO A SER CUMPRIDAS QUER NA MANEIRA DE TRATAR O VINHO DO PORTO QUE SÃO SECULARES QUE FORAM ALTERADAS SEM RESPEITO PELA QUALIDADE E  NOBREZA QUE LHE DÃO UMA MAIS VALIA.

MAS REFIRO-ME OBJECTIVAMENTE AQUELA QUEIXA CRIME QUE FOI FEITA CONTRA O PRESIDENTE DO I.V.D.P. E Á  INTERPROFISSIONAL NO TRIBUNAL DA RÉGUA COM O Nº 276/18.7T9RG QUE FOI CLASSIFICADA COMO GENÉRICA, UM CRIME DE CERCA DE MIL MILHÕES DE EUROS POR ANO (((É UM BOCADO ESTRANHO))) FOI ARQUIVADO POR FALTA DE PROVAS.

COMO JÁ PROVEI, (((MAS NÃO TENHO NADA QUE PROVAR))) CABE ÁS AUTORIDADES COMPETENTES ESSE TRABALHO E TODO O MUNDO SABE QUE EM COISAS QUE SÃO PUBLICADAS NA INTERNET TEEM DE ESTAR E ESTÃO SEMPRE Á DISPOSIÇÃO DAS AUTORIDADES.

PORTANTO SR. PRESIDENTE DA REPUBLICA CABE A V.EXCIA HONRAR O SEU  JURAMENTO, MAS NUNCA ME PASSOU PELA CABEÇA QUE POSSA PENSAR EM POR O SEU LUGAR Á DISPOSIÇÃO.SEI BEM QUANTO É RESPEITADO!!!

MAS ESTOU CONVENCIDO QUE SE OS DADOS QUE O IVDP NOS FORNECEU,  AONDE SE ENCONTRA O CRIME DAS VENDAS DAS 73.MIL PIPAS DE VINHO DO PORTO POR ANO SEM SER DECLARADAS E OS ACUSADOS FOREM RESPONSABILIZADOS E COMO O

 PROJECTO QUE FOI APRESENTADO  NO PALÁCIO DA FÓS PARA ARRANJAR DINHEIRO PARA A PROMOÇÃO DO VINHO DO PORTO EM TODO O GLOBO FOR PROMULGADO, GARANTO A V.EXCIA QUE AS VENDAS DO VINHO DO PORTO AUMENTARAM ATÉ 10 VEZES MAIS, O QUE NÃO É NENHUM  FENÓMENO PORQUE AS NOSSAS VENDAS DEPOIS E ANTES DE 1975 SÓ 8 PAÍSES TEM CONSUMIDO 91,5 %.

COMO ME CONSIDERO UM PORTUGUÊS TÃO GRANDE COMO O MAIS OU O MAIOR PORTUGUÊS DEPOIS DO REI AFONSO HENRIQUES AS MINHAS CONTAS COM ESTADO ESTÃO PAGAS E É O ESTADO QUE ME DEVE UMA A PARTE DE UM TERRENO QUE ME   EXPROPRIOU DEPOIS DE ALGUNS ANOS E A MINHA VIDA TEM SIDO PAUTADA NA DEFESA DOS INTERESSES DOS PORTUGUESES E DE PORTUGAL CONFORME SE CONFIRMA NESTE PROJECTO E SÓ ME APETECE GRITAR A COM TODOS OS PULMÕES A PERGUNTAR O QUAL É O MAL QUE EU FAÇO PARA QUE A COMUNICAÇÃO SOCIAL NUMA SESSÃO DE ESCLARECIMENTO DENTRO DO SALÃO DA CASA DO DOURO EM 2005 DEPOIS DE ME TER  APRESENTADO COMO CANDIDATO Á ASSEMBLEIA DA REPUBLICA E SER AUTORIZADO PELO PRESIDENTE DA MESA,QUANDO ACABOU LEVANTOU-SE ENTROU PARA O SEU GABINETE,PEDI PARA ME VIR APRESENTAR RESPONDEU QUE JÁ NÃO AUTORIZAVA,PEDI PARA  DIZEREM QUE SÓ SAIA POR ORDEM DA G.N.R. A QUEM JÁ TINHA FALADO.

MANDOU O SEGURANÇA POR-ME NA RUA Á VIOLÊNCIA E COMO SABIA QUE ERA PUBLICAMENTE CONHECIDO COMO CANDIDATO INSISTI E O VERDUGO PEGOU EM MIM COMO SE FOSSE UM PALHAÇO  ESQUECENDO QUE ESTAVA A REPRESENTAR A PÁTRIA E A REPUBLICA PORTUGUESA, DE TAL MODO QUE TIVE QUE IR AO HOSPITAL RECEBER TRATAMENTO FÍSICO E PSÍQUICO ,APRESENTEI QUEIXA NA G.N.R. QUE FOI ARQUIVADA.

CURIOSAMENTE; A RAZÃO PORQUE ME APRESENTEI NA CASA DO DOURO, FUI INFORMADO Á ULTIMA DA HORA QUE ESTAVA A DECORRER UMA ASSEMBLEA DOS CONSELHEIROS DA CASA DO DOURO, PARA APROVEITAR ESSA OPORTUNIDADE E ESTAVA LÁ TODA A COMUNICAÇÃO SOCIAL, NACIONAL E REGIONAL CURIOSAMENTE NINGUÉM VIU NEM OUVIU NADA.

PERGUNTO A V.EXCIA SR PRESIDENTE ESTE PROJECTO QUE DEFENDO DEPOIS DE 45 ANOS QUE SE ARRASTA Á JÁ QUATRO SÉCULOS,1º FOI O MARQUES DE POMBAL QUE,OS ASSAVA E GRELHAVA VIVOS O QUE ME ARREPIA SÓ EM PENSAR NISSO. O SEGUNDO FOI O DR. OLIVEIRA SALAZAR QUE PUBLICOU UMA LEI EM 1932 QUE SÓ TEM 2 CLAUSULAS QUE FORAM SUFICIENTES PARA SOSSEGAR OS GANANCIOSOS QUE ERA, NEM OS PRODUTORES PODIAM VENDER VINHO DO PORTO NEM OS VENDEDORES PODIAM PRODUZIR UVAS OU VINHO DO PORTO. COMO AINDA SE LEMBRAVAM DO QUE SE TINHA PASSADO COM OS SEUS ANTEPASSADOS NUNCA DERAM PROBLEMAS. 

 TENHO A HONRA DE DIZER QUE SOU O TERCEIRO E O ÚNICO VIVO QUE EM QUATRO SÉCULOS TEM LOTADO PELA DEFESA DESSA GRANDE RIQUEZA E A TRISTEZA DE NÃO TER MAIS PORTUGUESES QUE VENHA PARA A LUTA NA DEFESA DUMA RIQUEZA QUE É DE PORTUGAL E DE TODOS QUE NELA INTERFIRA MAS NUNCA SÓ DE ALGUNS.NÃO A LEVARAM AINDA  PORQUE  NÃO PODEM COM ELA

MAIS UMA VEZ PERGUNTO SR. PRESIDENTE;SERÁ QUE OS RESPONSÁVEIS PELA ORDEM PUBLICA ESTÃO A VELAR PELOS DIREITOS E DEVERES  E LEGÍTIMOS INTERESSES DOS CIDADÃOS

PERGUNTO A V. EXCIA??? ESTE PROJECTO ONDE NÃO HÁ PREJUDICADOS E SÓ HÁ INTERESSE PARA TODOS OS INTERVENIENTES, MESMO PARA OS CONSUMIDORES QUE O PAGAM, MERECE O DESPREZO DE TODOS OS RESPONSÁVEIS  PELA NAÇÃO  

 

                       POR UMA U.E. MELHOR SEM CORRUPTOS ONDE HAJA PAZ PÃO E JUSTIÇA SOCIAL 

 

            P.S.ATÉ A UNIÃO EUROPEIA PRECISA DESTA RIQUEZA PORQUE É INESGOTÁVEL    E ÚNICA NO MUNDO 

                                           

 

                                                  MAIS VALE DAR AOS MAUS QUE PEDIR AOS BONS

 

 

GONÇALVES PEDRO

 

 
 
 
OS TRÊS GRANDES DEFENSORES DO VINHO DO PORTO NESTES 4 SÉCULOS 
 
Nos anos 1,750,O MARQUÊS DE POMBAL reconheceu que a zona do Douro,Alto Douro e Traz os Montes eram zonas de grande qualidade para a produção de vinhos de Mesa e do Porto.
É nessa data que ele marca a Região Demarcada do Douro((( R.D.D.))).que ainda hoje é conhecida e reconhecida, salvo uma parte que fica distante e não havia escoamento para toda a produção.
Nunca ninguém disse que esses terrenos e o clima não eram de qualidade para a   plantação de vinhas 
As vendas começaram a fazer-se no mercado Nacional e em seguida no comercio ESTERNO.Játínhamos conquistado diversas colónias e tinha-mos a Europa em que as vendas do Vinho do Porto eram naquela data a Maior FONTE DE ENTRADA DE DIVISAS.
Ora os comerciantes começaram a monopolizar o negócio e os Pequenos e médios produtores foram abafados como acontece hoje.
Quando o Marquês de Pombal se apercebeu EXPULSOU UNS A BEM E OUTROS A MAL e quem quis seguir as regras continuou e tudo correu bem até a morte DELE:
A história diz que assim que ELE morreu os GRANDES SENHORES, começaram logo a tentar APODERAR-SE DESSA GRANDE RIQUEZA.
COMO NO SÉCULO 17 O MUNDO COM A INDUSTRIALIZAÇÃO ENTROU EM CRISE ECONÓMICA E COM A GUERRA DE 14 A 18, NÃO HOUVE GRANDE EXPANSÃO ECONÓMICA, LOGO QUE A GUERRA ACABOU, ESSES GRANDES GANANCIOSOS TENTARAM DE IMEDIATO APODERAR-SE DO CONTROLE DO VINHO DO
PORTO. 
COMO O SALAZAR ERA UM HOMEM ESPERTO INTELIGENTE E DETERMINADO LOGO EM 1932 QUANDO CRIOU O ESTADO NOVO MANDOU PUBLICAR UMA LEI 21.883-7 SERIE DE 18 DE NOV.1932. QUE PROIBIA OS PRODUTORES DE VENDER VINHO DO PORTO E OS VENDEDORES DE PRODUZIR UVAS E DE FAZER VINHO DO PORTO.
MANDOU FAZER GRANDES ARMAZÉNS POR TODA A R.D.D. BANCOS PARA FINANCIAR OS PRODUTORES CRIOU LABORATÓRIOS E A CASA DO DOURO PARA  CONTROLAR TODAS AS OPERAÇÕES. DURANTE O GOVERNO DO ESTADO NOVO.                                                                                                                                  A R.D.D VIVEU TEMPOS DE ESTABILIDADE E A ECONOMIA FLORESCEU SOBRE TUDO A PARTE AGRÍCOLA EM TODO O PAÍS ONDE HOUVESSE FIGUEIRAS..
 
EM 1974 ACABOU O ESTADO NOVO, JÁ TINHA PASSADO O SÉCULO 17.O SÉCULO 18 O SÉCULO 19 E O 20 COMO  OS DOIS GRANDE HERÓIS JÁ TINHAM MORRIDO, OS GOVERNOS APÓS O 25 DE ABRIL, COMO O SECTOR DO VINHO DO PORTO TINHA SEMPRE VIVIDO EM ESTADO DE GRAÇA DESCONHECIAM O PROJECTO DESSES RATOS SABIDOS E LOGO NAS PRIMEIRAS MODIFICAÇÕES  DO SISTEMA POLITICO, FOI CRIADO O IVDP E RETIRARAM AS VALIAS Á CASA DO DOURO QUE A PIOR FOI RETIRAR-LHE O CADASTRO QUE OCUPAVA 60 OU 70 PESSOAS QUE ERAM REMUNERADAS COM AS RECEITAS DO CADASTRO. 
COMO OS SUCESSIVOS PRESIDENTES DA CASA DO DOURO NÃO TIVERAM FORÇA PARA IMPOR OS SEUS DIREITOS NEM PARA TER UMA CONTABILIDADE, COMO AINDA HOJE NÃO TEEM COMO SE PROVA NA FALENCIA QUE LHE IMPONTARAM NO GOVERNO DE PASSOS COELHO,QUE DEPOIS DE PAGAREM TODAS AS DIVIDAS AINDA HÁ UM SALDO DE MUITOS MILHÕES. TUDO ISTO É BURLA CORRUPÇÃO E OUTROS TIPOS DE VIGARICE.
AS LEIS, QUE EU TENHA CONHECIMENTO NÃO MUDARAM MAS LÁ NOS ESTÚDIOS A QUE  EU CHAMO DE NOVO HOOLIUDE CONCELHO-INTERPROFICIONAL   ONDE FAZEM OS FILMES DOS LADRÕES E DOS POLICIAS EM QUE ALTERARAM AS REGRAS DE FABRICAÇÃO E ESTAGIO  MÍNIMO DE TRÊS ANOS QUE JÁ EXISTIA DESDE QUE O VINHO DO PORTO EXISTE.
Os vinhos da colheita, de 2018 já se encontravam á venda dentro da U.E nas grandes SUPERFICIES a menos de 4 euros TUDO PARA VENDER VINHOS MAIS CAROS PORQUE O QUE É BARATO NÃO PRESTA.
QUANDO O REGIME DO ESTADO NOVO ACABOU OS HERDEIROS FORAM DE NOVO PROCURAR OS PROJECTOS DOS SEUS ANTEPASSADOS E TEEM VINDO COM UMA FÚRIA, QUE HOJE A PRODUÇÃO A TRANSFORMAÇÃO, E AS VENDAS ESTÃO TODAS NAS MÃOS DELES E AINDA MAIS, AS COOPERATIVAS TRABALHAM PARA ELES,COMPRAM AS UVAS E PESAM E ENTREGAM O MOSTO OUTROS COMPRAM ELES A VINICA E ENTREGAM JÁ O VINHO DO PORTO. CHAMO A ESTES VASSALOS. TUDO ISTO É ILEGAL!!!
OS POUCOS PEQUENOS PRODUTORES QUE EXISTEM SÃO ALGUNS QUE EU CHAMO DE VASSALOS A QUEM OS GRANDES SRS PAGAM A PREÇOS ESPECIAIS E VÃO VIVENDO PARASITANDO  
SE O MUNDO CONHECESSE A ESCRAVATURA E COMO SÃO TRATADOS OS OPERÁRIOS NO TEMPO DA VINDIMA, SOBRE TUDO OS QUE O COMPRAM A MAIS DE DEZ EUROS, A GARRAFA, VINHAM VER A REGIÃO DEMARCADA E VIAM AS CASAS SENHORIAIS EM QUE ELES VIVEM esses DOENTES MISERÁVEIS´QUANDO FINALMENTE PODERIAM PAGAR A ESSES ESCRAVOS O DOBRO DO ORDENADO PORQUE MESMO ASSIM PODIAM VIVER COM TODA ESSA OSTENTAÇÃO.
 
TUDO ISTO PARA VOS DIZER QUE DESCOBRI A SEMANA PASSADA QUE EMBORA O MARQUÊS DE POMBAL TENHA MORRIDO O DR. OLIVEIRA SALAZAR TAMBÉM DEPOIS DESTES QUATRO SÉCULOS  EM QUE O MARQUÊS LUTOU 30 E TAL ANOS O DR.SALAZAR 36 ANOS.
DEPOIS DE 1974 HÁ OUTRO PORTUGUÊS QUE LUTA NA DEFESA DO VINHO DO PORTO, DOS PEQUENOS MÈDIOS PRODUTORES QUE NESTE MOMENTO NÃO TEM MAIS DE 18º DE RENDIMENTO BRUTO ANUAL
QUE ANDA HÁ MAIS DE 45 ANOS   SEM TER TIDO UM POLITICO OU MESMO UMA VITIMA DESSES GURUS GANANCIOSOS QUE TENHA PELO MENOS CRIDO SABER AONDE VAI GANHAR OS MILHARES OU MILHÕES DE EUROS PARA LUTAR PARA QUE APROVEITEM ESSA GRANDE RIQUEZA QUE É DE TODOS MESMO DAQUELES QUE O CRIAM CONHECER,BEBER, PAGAR EM,TODO O GLOBO.  
                                    
                                  ESSE PRECIOSO NECTAR DOS DEUSES
 

 

QUERO LEMBRAR QUE AO LONGO DESTES 45 ANOS FORAM PUBLICADOS,MAIS DE 300 ARTIGOS NOS JORNAIS DA R.D.D., MAS NINGUÉM PRESTOU ATENÇÃO|||

LES TROIS GRANDS DÉFENSEURS DU PORTO EN CES 4 SIÈCLES

C’est à cette date qu’il marque la Région Délimitée du Douro((( R.D.D.))). Qui est encore aujourd’hui connue et reconnue, sauf une partie qui reste éloignée et il n’y avait pas de débouché pour toute la production.
Les ventes ont commencé à se faire sur le marché national et ensuite sur le commerce ESTERNO.Nous avions conquis plusieurs colonies et nous avions l’Europe où les ventes du vin de porto étaient à cette date la plus grande source d’entrée de devises.
Quand le marquis de Pombal s’en aperçut, il en chassa les uns pour le meilleur et les autres pour le pire,
COMME AU 17ème SIÈCLE LE MONDE AVEC L’INDUSTRIALISATION EST ENTRÉ DANS LA CRISE ÉCONOMIQUE ET AVEC LA GUERRE DU 14ème AU 18ème SIÈCLE, IL N’Y A PAS EU DE GRANDE expansion ÉCONOMIQUE
COMMENT SALAZAR ÉTAIT UN HOMME INTELLIGENT ET DÉTERMINÉ DÈS LA CRÉATION DU NOUVEL ÉTAT EN 1932, IL A FAIT PUBLIER UNE LOI DU 18 NOVEMBRE 1932. INTERDISANT AUX PRODUCTEURS DE VENDRE LE VIN DU PORT ET AUX VENDEURS DE PRODUIRE DU RAISIN ET DE FAIRE DU PORTO.
COMME LES PRÉSIDENTS SUCCESSIFS DE LA MAISON DU DOURO N’ONT PAS EU LA FORCE D’IMPOSER LEURS DROITS NI DE TENIR UNE COMPTABILITÉ, COMME AUJOURD’hui ILS N’ONT PAS ENCORE PROUVÉ QU’ILS LUI IMPOSENT DES PAS DE LAPIN,QU’APRÈS AVOIR PAYÉ TOUTES LES DETTES IL RESTE UN SOLDE DE PLUSIEURS MILLIONS. Tout ça, c’est de l’escroquerie et d’autres escroqueries.
Les vins de la récolte de 2018 étaient déjà en vente à l’intérieur de l’U.E et sur les grandes surfaces à moins de 4 euros  TOUT POUR VENDRE DES VINS PLUS CHERS PARCE QUE CE QUI EST PAS CHER.
LES QUELQUES PETITS PRODUCTEURS QUI EXISTENT SONT QUELQUES-UNS QUE J’APPELLE VASSAUX QUE LES GRANDS MESSIEURS PAIENT À DES TARIFS SPÉCIAUX ET VIVENT EN PARASITE
APRÈS 1974, IL Y A UN AUTRE PORTUGAIS QUI LUTTE POUR LA DÉFENSE DU VIN DU PORT, DES PETITS MÈDES PRODUCTEURS QUI N’A PAS PLUS DE 18º DE REVENU BRUT ANNUEL
CE NECTAR PRÉCIEUX DES DIEUX



<span '="" id="s2_5">JE VOUS RAPPELLE QU’AU COURS DE CES 45 ANNÉES, PLUS DE 300 ARTICLES ONT ÉTÉ PUBLIÉS DANS LES JOURNAUX DE LA 

 

INFORMAÇÃO ÀS ADEGAS COOPERATIVAS E AOS PEQUENOS E MÉDIOS  PRODUTORES DO VINHO DO PORTO

Venho lembrar aos Srs. Diretores e Presidentes das Adegas Cooperativas do Vinho da Região Demarcada do Douro, que não foram criadas para a proteção dos grandes exportadores mas sim para proteger e ajudar os pequenos e médios produtores.

O que está a acontecer depois de 30 anos é precisamente o inverso. Até admito que muitos ou todos, não se apercebam que estão a trabalhar para os grandes exportadores e não para os pequenos produtores, missão para a qual foram criadas.

Essa situação deve ser corrigida e já nesta campanha. Para tal já se entrou em contacto com a Presidência do Credito Agricola a pedir para por em ação o dec. lei  nº21883-3-7 serie de 18 de Nov.1932 que foi criada a caixa de credito agricola mutuo para ajudar e proteger os agricultores, a quem pertençe essa Caixa.

  • Penso que não faz sentido nenhum que uma coisa que pertençe aos agricultores, ande a trabalhar para a concorrência. Informa-se que ao primeiro pedido quase na volta do correio veio indeferido, e na volta do correio foi contestado e já lá vão quase 30 dias, devem estar a estudar o pedido.
  • Compete a todos os  envolvidos neste problema estudar este processo e não esquecer que ainda há o caso do estágio minimo para resolver.

Gonçalves Pedro


 

ASSASSINATO DO VINHO DO PORTO?

Por determinação da interprofissional e do I.V.D.P.  (que não tem poder legal nem juridico), resolveram acabar com o estágio minimo dos 3 anos do vinho do porto. O vinho do porto sem estágio minimo não é vinho do porto !!!

Os pequenos e médios produtores, as autoridades politicas e a população civil devem juntar-se e ir junto do Governo para que se reponha essa lei secular que existe desde que o vinho do porto existe.

Andei mais de 10 anos a pedir para ser informado  qual era o prazo minimo de estágio do vinho do porto e só o ano passado é que fui informado, já não há estágio minimo obrigatório.

Se isto não for feito o vinho do porto estará condenado.
Um dos maiores tesouros de portugal e do mundo!

Gonçalves Pedro


 

PEDIDO DE APOIO PARA OS PEQUENOS E MÉDIOS PRODUTORES DO VINHO DO PORTO
(Email enviado à Caixa Crédito Agricola)

Boa tarde talvez não tivesse informado, mas nem eu nem a Fundação Provindoporto vem pedir credito, o que se pede é para acionar essa lei 21.883-serie  18 nov,1932, que se encontra no nosso site  www.otrop.pt, onde podem encontrar a fundação da Caixa Agricola e para o que foi criada.

Hoje como em 1932 a crise é igual, simplesmente a outra, foi á cerca de 90 anos e esta está a viver-se hoje. É agora que se tem de resolver.

Na minha opinião cabe á Caixa Agricola agarrar esse negócio porque se houver lucros ficão em portugal e os riscos que tem, não conheço nenhum com menos. Se conhecerem algum gostaria que me informassem qual.

É necessário uma resposta rápida, não para dispor do dinheiro, mas para informar os pequenos e médios produtores que têm muitos compradores e já podem discutir o preço.
Conheço um Presidente de Junta que teve um problema com o seu habitual comprador e há utima hora não lhe quiseram ficar com a sua produção.

Foi o patrão de sua esposa que soube da historia e mandou diser que ficava com a produção.
Chama-se a isto o cartel.

A Fundação de Solidariedade dos Pequenos e Médios Produtores do Vinho do Porto, anda há 30 anos nesta luta para acabar com estes escandalos vergonhosos que ninguem quer ver.

Em nome dessas vitimas peço atenção e compreenção.

Gonçalves Pedro